NUDI UFSM

Blog do Núcleo de Direito Informacional da Universidade Federal de Santa Maria.

Artigos em rede – Adolescentes, TICs e Direitos Humanos

Hoje inauguro uma nova seção do blog, que teve inspiração numa proposta da professora Rosane para esse espaço (que, por sua vez, se inspirou em ideia do site do Danilo Doneda – vide link na barra à direita).

Ela sugeriu que fossem colocados aqui nossos artigos já publicados sobre a temática do Direito Informacional, e já disponibilizou alguns dos dela. As abordagens vão desde as (sempre lembradas) discussões sobre criminologia no meio virtual, passando pela proteção às garantias e direitos das crianças e adolescentes na Internet e chegam a recortes sobre gestão pública e inclusão digital.

Nesta seção vamos apresentar um texto por vez – mais adiante entrarão também as produções de outros pesquisadores do NUDI, conforme for autorizado –, que vai ficar disponível na nova página, Artigos (na barra do topo do site), a partir da data de postagem. A ideia é que vocês, os visitantes, tenham acesso, no blog, também aos textos com conteúdo e caráter mais científico escritos por nós. Espero que sejam momentos de reflexão, curiosidade, e principalmente questionamentos!

Artigo de hoje: “Os Adolescentes e as novas tecnologias da informação e da comunicação: instrumentos para violação ou para promoção de direitos humanos?”

De autoria da professora Rosane, o artigo tem a interessante (e incomum, para acadêmicos de Direito) característica de ser escrito a partir de observação direta em comunidades virtuais, como ela narra no próprio resumo:

“O enfrentamento da questão será feito pela conjugação do método de pesquisa bibliográfica, que dará aporte para a compreensão das formas de interação neste novo meio midiático, combinado com pesquisa de base empírica, a partir da investigação em fontes culturais disponíveis na internet, notadamente em fóruns de discussão da Obra literária Harry Potter, da autora J.K. Rowling, espaço que combina comunicação, informação, discussão sobre literatura, cinema e música, reunindo, num mesmo ambiente, o que antes era veiculado em diferentes meios de comunicação.”

Ao longo do texto, são postos frente a frente documentos e realidade, ideias e dados. Sabemos da existência de regras que garantem a participação de crianças e adolescentes como sujeitos de direitos humanos, mas vemos poucas iniciativas para concretizá-las. O meio virtual seria uma maneira de assegurar essa participação? Existe o senso comum de que a Internet é um lugar sem regras, e por isso seria prejudicial aos menores de idade (editado: 08/06/2011) que a ela têm acesso. Como é, na prática, a relação dos jovens com a Internet?

O artigo pode ser lido na íntegra e salvado, clicando aqui.

Boa leitura!

Em caso de incertezas, elogios, sugestões, ideias, contrapontos a serem manifestados, nós gostaríamos de lê-los! Relembro e recomendo o botão de comentários, abaixo do título do post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: