NUDI UFSM

Blog do Núcleo de Direito Informacional da Universidade Federal de Santa Maria.

Xingar muito no twitter!

Boa Tarde!

Como estou longe do Brasil, tenho o costume de acessar diariamente alguns blogs de opinião e sites de notícias brasileiros e gaúchos para saber o que anda se passando em terrae brasilis, mas hoje algo curioso aconteceu.

O Presídio Central de POA, já considerado o pior do Brasil.

Primeiro, enquanto lia alguns textos na página do clicrbs.com.br , deparei-me com um texto forte do colunista de Zero Hora, David Coimbra, criticando a situação do nojento e repugnante Presídio Central de Porto Alegre ( veja a situação da instituição carcerária em reportagem do Jornal Nacional aqui). O colunista, já em suas primeiras linhas (íntegra aqui), pede ao governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, se ele não sente vergonha em governar um estado que “confina seres humanos em masmorras onde fezes e urina escorrem pelas paredes, onde dezenas de pessoas se amontoam em cubículos do tamanho de um banheiro, mal havendo lugar para dormir no chão, onde a sífilis, a hepatite e a aids são disseminadas através do estupro, onde homens convivem com ratazanas maiores do que gatos, onde a comida é preparada em meio à imundície”. Em seguida, Coimbra corretamente atribui ao Estado a responsabilidade de fornecer as condições mínimas de uma vida digna aos detentos sob sua tutela e que, não podendo ser capaz de resguardar tais direitos (consagrados amplamente em nossa Carta Magna de 1988), deve abster-se de puni-los, pelo menos, com o regime de reclusão. Neste ponto, muitos questionamentos surgem, e, julgo eu, agarrado ao argumento da segurança pública e da falta de dinheiro (por coincidência, o mesmo usado para descumprir a lei do piso nacional do magistério no RS), o Estado fecha os olhos e prefere deixar que os engaiolados permaneçam onde estão, já que ninguém os vê mesmo. Portanto, o público, que pouco se interessa por “marginais” e, como lembra David Coimbra nos parágrafos finais de seu texto, parece mais preocupado com as atrocidades cometidas contra animais de estimação do que com a violação sistemática dos Direitos Humanos de membros da sua própria espécie.

Depois de lido este texto, qual a minha surpresa ao abrir meu twitter e ver o Governo do Estado imediatamente  defendendo-se e justificando-se! Que maravilha estas redes sociais!

A superlotação, a sujeira e as precárias condições do prédio são os principais problemas.

O @gabinetedigital do Governador Tarso (diga-se de passagem, um instrumento digital inovador e louvável de governo eletrônico, recentemente premiado em evento em São Paulo) twittou o link de uma entrevista concedida pelo Governador ao Blog RS Urgente  logo após a publicação da coluna de David Coimbra. Tarso Genro reconhece que sente vergonha da situação do presídio, mas que “além de envergonhado, [está] contente por estar orientando o governo, desde o início da gestão, para incidir fortemente sobre aquela vergonha nacional”. A partir daí, o Governador exalta que já como Ministro da Justiça (2007-2010) tentou enviar recursos para o Presídio Central, mas devido a “circunstâncias técnicas e políticas” que desconhece isto não foi possível. Em seguida, o líder do Piratini afirma que “os últimos oito anos de total descaso com o Presídio Central é que resultaram esta situação dramática que, paulatinamente, vamos corrigir”. E aqui entra a parte curiosa de tudo isso, Tarso Genro denuncia um suposto apoio do Grupo RBS (empregador de David Coimbra) aos governos anteriores e chama atenção para o (possível) oportunismo da imprensa: “É bom a gente socializar a vergonha, se não parece que a imprensa é uma estrutura de poder “neutra”, composta só por pessoas puras e dotadas de incrível senso de responsabilidade pública, que não tem nenhuma responsabilidade com o que ocorre na esfera da política e nas decisões de Estado”.

O @gabinetedigital sai em defesa do Governador do RS, Tarso Genro.

Deixo claro aqui que este post não é um ataque ao Governo Gaúcho ou ao Grupo RBS, mas tão somente a constatação da utilização de ferramentas digitais (blogs e twitter) que instituíram uma espécie de direito de resposta imediato aos mass media tradicionais, detentores sozinhos, até então, de quase todo o poder de veiculação da informação. E, por óbvio, também deixo aqui o meu apelo para que a situação lamentável do Presídio Central seja prontamente resolvida e os Direitos Humanos respeitados. Não sou pró-bandido, mas por mais culpados que sejam, o que lhes resta de humanidade deve ser preservado. Por último, recomendo aos nobres leitores que façam uma reflexão sobre tudo isso.

Até semana que vem!

3 responses to “Xingar muito no twitter!

  1. franraminelli Abril 17, 2012 às 17:45

    Rafael, muito interessante tua opinião. Há algum tempo penso e até mesmo já discuti isso em nossas reuniões.. a questão de que como o outro é o delinquente, sempre o outro, não precisamos nos preocupar com qualquer direito “deles”.

    Hoje mesmo, na entrevista que demos na TV Campus, tentamos falar sobre isso.. mas infelizmente o tempo foi curto.. se tu quiser ver, estará disponível online em tempo real, no link http://w3.ufsm.br/tvcampus/

    Boa vida europeia!
    beijos

    • rafatiburski Abril 17, 2012 às 22:06

      Oi Fran!

      Assisti a entrevista de vocês, foram muito bem! Parabéns! Tenho certeza que o Congresso será um sucesso. Vi que abordaram brevemente a questão da imagem do criminoso, fazendo referência à influência da mídia nesse aspecto. É triste que impere o senso comum do ódio ao apenado na população em geral, nosso dever como cidadãos é combater isso.

      Continuem acompanhando o blog!🙂

      Até semestre que vem! Depois me contem como foi o Congresso!
      Beijo!

  2. felipe Junho 1, 2012 às 20:26

    Liberdade Pra todos!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: