NUDI UFSM

Blog do Núcleo de Direito Informacional da Universidade Federal de Santa Maria.

TIC KIDS ONLINE BRASIL 2012

“A revolução da tecnologia da informação motivou o surgimento do informacionalismo como a base material de uma nova sociedade”. (CASTELLS, 1999, p. 412) Essa frase, de Manuel Castells, presente em “O fim do milênio”, traz a ideia de uma transformação de uma sociedade isolada para uma sociedade em rede. Isso se prenuncia ainda no final do século XX. Hoje, de modo especial, pode se falar que há o crescimento de novos atores emergindo nesse cenário, conectados constantemente à Internet: as crianças e os adolescentes. A fim de conhecer um pouco mais sobre essa realidade, o Comitê Gestor de Internet realizou uma Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação no Brasil, intitulada “TIC KIDS ONLINE BRASIL 2012”.

Crianças-na-internet

O objetivo do estudo é “medir uso e hábitos da população brasileira usuária de Internet de 9 e 16 anos em relação às tecnologias de informação e de comunicação (TIC), focando as oportunidades e riscos relacionados ao uso da Internet.” Para tanto, realizaram-se dois questionários: um com 1580 pais/responsáveis (face a face), e o outro com as respectivas 1580 crianças (face a face e de autopreenchimento). As perguntas eram variadas, destaco aqui dois pontos a fim de refletirmos um pouco: 1) grande parcela dos jovens entrevistados utilizada a internet constantemente e para fins triviais; 2) Problemas atravessados pelas crianças, nos últimos 12 meses, tinham forte relação com a Internet.

crianca_e_computador 3Primeiro ponto. 85% dos entrevistados têm acesso frequente à Internet, sendo que 47% a utiliza diariamente. Ainda, quanto maior a idade, recrudesce-se o uso. Destes usuários fiéis, 82% afirma usufruir da rede para fins de trabalhos escolares, e 68% para redes sociais. Aí começo minha reflexão propriamente dita: Posso generalizar, dizendo que as crianças têm usado a Internet para estudar e aprender como primeira ferramenta? Não. Por que, se os números corroboram um índice tão alto? Vejamos. Mais abaixo, a pesquisa fala na freqüência dessas atividades. As redes sociais disparam: 53% acessa Facebook, Twitter e afins TODOS os dias. Trabalhos escolares? Uma ou duas vezes por semana, respondeu a maioria.

Segundo ponto. A proporção de crianças/adolescente que passou por alguma situação ofensiva ou que o chateou nos últimos 12 meses corresponde a 22% dos entrevistados. 47% destes o fizeram na Internet. A percepção dos pais/responsáveis sobre sua capacidade para ajudar seu filho(a) a lidar com situações que o(a) incomodem ou constranjam na Internet tem indicativos muito bons (25%), mas 14% sequer sabe o que está acontecendo com eles.

Não quero ser exaustivo ao apresentar esses dados, mas nossas crianças têm passado tempo demais em frente a um computador. Muitas deixam de lado uma boa pelada, suas bicicletas e bonecas para conversar com desconhecidos, quem sabe lá quem são. A constância nas redes sociais não gera um afastamento da família, dos amigos? Os pais sabem lidar com essa situação? Ainda ouso: os responsáveis pelas crianças conseguem monitorá-las adequadamente, “fiscalizando” os sites a que elas acessam, filtrando o que é profícuo ou não ao seu crescimento? O desleixo de muitos pais não pode ser fator para que as crianças se exponham mais no ambiente virtual, “clamando” por atenção, e sofrendo cyberbullying, como corroborou o segundo ponto de nossa discussão?

São perguntas, perguntas, perguntas. Como diria a atual campanha RBSTV, “Precisamos de Respostas”! Mas, dessa análise, percebo que é impossível ignorar a revolução tecnológica que acomete a todos, de modo especial aos adolescentes. Entretanto, as crianças – em sentido lato – precisam VIVER mais, desconectarem-se um pouco da virtualidade e saírem correr, pular corda, jogar futebol. Viver em rede? Certamente, mas que não fique só no computador. É preciso que haja, também, uma “rede real”, teté-a-teté, em que os pequenos jovens interajam entre si.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: