Blog do NUDI em destaque, em 2018.

Destaque

O ano de 2018 mal começou e o Blog do NUDI já está com uma ótima novidade para contar aos seus leitores. Edney Souza, responsável pelo InterNey, realizou uma entrevista com a coordenadora do NUDI, Profª Drª Rosane Leal da Silva, na qual questionou sobre a criação do Blog, as principais fontes de notícia, o relacionamento com os leitores e muito mais.

O Blog do NUDI está em destaque pela forma como dá visibilidade às pesquisas e produções acadêmicas, realizadas pelo grupo desde 2010. Esse reconhecimento, contudo, só é possível graças ao trabalho conjunto desenvolvido pela coordenadora, os administradores e editores do Blog, os pesquisadores e colaboradores, e as articulistas e comentadoras de conteúdo. Os leitores do Blog, que interagem por meio das plataformas online, também são importantes para o nosso crescimento e aprimoramento.

Agradecemos, portanto, todos os envolvidos.

A entrevista na íntegra pode ser acessada através do linkhttps://br.blog.wordpress.com/2018/01/16/blogs-em-destaque-blog-do-nudi/

 

Anúncios

Nudiana é aprovada no Doutorado da UFMG.

lahisO Núcleo de Direito Informacional tem a satisfação de anunciar a aprovação da nudiana, e também articulista e comentadora de conteúdo do NUDI, Lahis Pasquali Kurtz, no Doutorado da Universidade Federal de Minas Gerais.

Parabéns Lahis!

Resultado final:

http://www.pos.direito.ufmg.br/wp-content/uploads/procsel/2018/resprovaoralredistcorrigidodout.pdf

Twitter começa a revogar verificações de contas com discurso de ódio.

Por Andressa Viana.

twitter

Uma das redes sociais mais usadas no mundo, o Twitter, passou a remover a medalha de verificação de contas que destilam ódio através da rede. Para quem não conhece a verificação, ela serve para informar que uma conta de interesse público é autêntica, ou seja, assegurar que perfis de atletas, artistas, políticos e pessoas com notoriedade sejam deles mesmos. Esse selo selo twitter aparece ao lado do nome no perfil e do nome da conta nos resultados de buscas. Ele é sempre da mesma cor e colocado no mesmo local, independentemente da customização de tema ou perfil.

No entanto, a ideia inicial da rede social foi revertida por alguns de seus usuários como meio de propagar ofensas.  No dia 9 deste ano, o Twitter anunciou que começaria a fazer a suspensão das verificações de contas. A empresa, logo após anunciar essa nova medida, manifestou-se afirmando: “Verificação tem sido vista como um endosso há muito tempo. Nós demos um destaque visual às contas verificadas, o que aprofundou essa percepção. Nós deveríamos ter resolvido isso antes, mas não priorizamos isso como deveríamos”.

No mesmo dia em que houve o anúncio, a empresa removeu a verificação da conta do norte-americano Richard Spencer, que advoga pela criação de um país separatista branco. Além de Richard, também foi removida a verificação e a conta de Jason Kessler, que organizou o movimento “Unite the Right” (Unir a Direita, em tradução livre) contra a derrubada de símbolos confederados na cidade de Charlottesville, Virgínia, Estados Unidos. O movimento acabou tomando um discurso neonazista e entrou em confronto com grupos de protesto, deixando uma pessoa morta e dezenas de feridos.

O Twitter ao ser questionado da decisão pelos usuários que sofreram a intervenção, os respondeu de que haviam perdido sua verificação uma vez que com o implante da nova política adotada, a rede social pode retirar a verificação de perfis que ataquem, promovam ódio ou violência contra pessoas com base na sua etnia, nacionalidade, orientação sexual, gênero, religião, identidade de gênero, entre outras discriminações.

A ação tomada pela rede social demonstra a preocupação com a repercussão de discurso de ódio, cada vez mais generalizado no mundo todo.  Assim como o Twitter, outras empresas, como o Spotfy e o jogo League of Legends (já comentadas aqui no blog), também se manifestaram na tentativa de impedir a propagação do discurso de ódio.

Fontes:

Olhar Digital: <https://olhardigital.com.br/noticia/twitter-comeca-a-remover-verificacao-de-contas-com-discurso-de-odio/72396&gt;.  Acesso em Dezembro de 2017.

Twitter: <https://support.twitter.com/articles/289914?lang=pt&gt;.  Acesso em Dezembro de 2017.

Nudianos apresentam trabalhos no 4º Congresso Internacional de Direito e Contemporaneidade.

Nos dias 08, 09 e 10 de novembro de 2017, ocorreu o 4º Congresso Internacional de Direito e Contemporaneidade: Mídias e Direitos da Sociedade em Rede, na Universidade Federal de Santa Maria – RS.

Foram três dias de painéis, apresentações de trabalhos e palestras. Os pesquisadores do Núcleo de Direito Informacional, assim como os do Observatório Permanente de Discursos de Ódio na Internet, apresentaram artigos relacionados as pesquisas desenvolvidas nos grupos.

Abaixo alguns registros fotográficos…

nudi 1

nudi 3

nudi 4

nudi 5

AUTODEFESA CONTRA VIGILÂNCIA: dicas de privacidade e segurança da Electronic Frontier Foundation.

Por Rafaela Bolson Dalla Favera.

ACV

Surveillance self defense ou Autodefesa contra vigilância, é um projeto desenvolvido pela Electronic Frontier Foundation, uma organização sem fins lucrativos cujo objetivo, desde 1990, é defender as liberdades civis no mundo digital. O projeto, na forma de guia, visa informar e ensinar as pessoas a se protegerem contra a vigilância eletrônica, cada vez mais arraigada na sociedade atual.

No guia há resumos que possibilitam compreender conceitos básicos, como o que é vigilância digital e como você pode combatê-la. Também há tutoriais, que são guias passo-a-passo para ajudá-lo a instalar e utilizar softwares e ferramentas úteis. Além disso, há guias detalhados para situações específicas.

Para mais informações acesse o sitehttps://ssd.eff.org/pt-br

Confira a Pesquisa TIC Domicílios 2016 do CGI.br

TICDomicilios-big

No dia 05 de setembro de 2017 foi noticiada uma nova Pesquisa TIC Domicílios. A pesquisa de 2016, divulgada pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), aponta estabilidade no número de domicílios conectados por meio de banda larga fixa no país. Acesse o link http://cetic.br/noticia/tic-domicilios-2016-aponta-estabilidade-no-numero-de-domicilios-conectados-por-meio-de-banda-larga-fixa/ e saiba mais!

Somos todos humanos e partilhamos do mesmo destino comum!

O Núcleo de Direito Informacional (NUDI) e seus integrantes, em especial os pesquisadores do Observatório Permanente de Discursos de Ódio na Internet se solidarizam com os acadêmicos Fernanda Rodrigues e Elisandro Ferreira, do Curso de Direito, diretamente atingidos, estendendo sua solidariedade igualmente a todos os estudantes negros indiretamente atacados pelas tristes publicações realizadas na semana que passou.

Repudiamos veementemente toda e qualquer forma de manifestação de ódio! Conclamamos a todos a refletirem sobre nossa humanidade, com respeito à diversidade. Nossas diferenças nos tornam seres únicos e não podem ser motivo de discriminação, preconceito e incitação à violência.

Somos todos humanos e partilhamos do mesmo destino comum!

imagem 985